22 de maio de 2013

Meditação & Beleza

Você já meditou? Quer fazer e não sabe como? Sabe quais são os benefícios? Os benefícios são inúmeros e visíveis, veja:
  • A meditação mantém e melhora a saúde mental, desenvolve paz interior e tranquilidade que favorece a serenidade, o contentamento e a felicidade.
  • Melhora a auto-estima, o comportamento racional, o julgamento equilibrado, favorecendo a interação social.
  • Melhora a concentração da mente, dissipando a confusão, levando a um melhor entendimento, a um melhor conhecimento.
  • Mantém e melhora a saúde física, proporcionando descanso e relaxamento e prevenindo doenças e desenvolve a força e o vigor.
  • A meditação amplia nossos processos mentais, purificando a mente e elevando-a para níveis mais elevados de consciência. Temos alguns obstáculos mentais tais como: sonolência ou preguiça, dúvidas (incertezas), malevolências, distrações e desejos. Meditando purificamos a mente.
Fonte: Como Meditar


Como benefício podemos citar também a melhora dos sintomas da esclerose  múltipla, depressão, equilíbrio da pressão arterial, diminuição do estresse e do colesterol ruim. Esses resultados podem ser sentidos em oito semanas de prática, com 45 minutos diários. A meditação melhora significadamente regiões que envolvem aprendizagem, memória e emoções.

Segundo o site meditacaotranscendental.com.br as pesquisas apontam que os benefícios são:



Não é necessário ir à aulas e pagar caríssimo para isso! Os passos são fáceis, porém é preciso uma grande concentração.

1. A prática deve ser feita em um lugar calmo, limpo, e confortável. De preferência no período da manhã ou da noite.
2. Com uma roupa confortável e os pés descalços, sente-se num local onde se sinta bem acomodado. Se for numa cadeira, fique na ponta para apoiar os pés no chão. Numa almofada, cruze as pernas.
3. Encaixe os quadris e mantenha a coluna ereta. Solte os ombros para não forçar a musculatura. Evite mudar de posição, mesmo que sinta dor e desconforto. Isso facilita a concentração e evita os pensamentos dispersivos.
4. Para manter a cabeça na linha da coluna, incline levemente o queixo para baixo até que ele fique paralelo ao corpo. A língua no céu da boca facilita a passagem da saliva. Mantenha os olhos semi-abertos e fixe-os num ponto para não adormecer.
5. Coloque a mão direita sobre a esquerda e una a ponta dos polegares. Repouse as mãos nesta posição em seu colo. Inspire e expire. Agora, procure esvaziar a mente, sem se concentrar em nenhum pensamento.


Veja como são visíveis as mudanças







A ideia é do fotógrafo americano Peter Seidler. Experiente professor de budismo, Seidler convidou os participantes de um retiro de um mês para uma experiência: fotografou suas expressões no primeiro e no último dia do programa de meditação.

Fonte: catraca livre

Nenhum comentário:

Postar um comentário